20191029_220720
Mariana Kawazoe

Mariana Kawazoe

Psicóloga, Psicoterapeuta e Orientadora Profissional

QUAIS SÃO AS COISAS MAIS SIGNIFICANTES DA SUA VIDA?

Pensou? O que você pensou?

Foi em uma aula com o professor Matthew Lieberman sobre cérebro social que eu refleti sobre essa questão. Ele falou que a tendência é lembrarmos de situações em que ajudamos alguém, pois segundo Lieberman, “Pessoas que se doam mais aos outros vivem com mais saúde e mais felizes.”

As minhas lembranças que vieram foram todas relacionadas a situações de relacionamento, mas muito mais no meu filho, minha sobrinha e meu cachorro. Racionalmente, consigo imaginar que eu me doo muito mais pra eles do que eles pra mim, então, tecnicamente bateu com o que o professor falou sobre esse estudo.

Porém, também vieram situações à minha mente, como: ir a um show de uma banda que gosto muito, ir a um restaurante, encontrar os amigos para conversar… coisas que não envolvem necessariamente ajudar o próximo, mas envolvem relações. Será que tem a ver com a privação do momento que estou vivendo? Lembrando que eu escolhi fazer isolamento social na pandemia e só saio para situações essenciais.

Outro dia um paciente de 18 anos me disse que leu em algum lugar sobre a saúde mental e os relacionamentos por conta da pandemia e me perguntou o que eu achava. Eu confirmei que precisamos nos relacionar para termos saúde mental, pois a privação social nos levaria à doença mental e, consequentemente, à doença física (e vice-versa).

Inclusive, existe um risco de as pessoas desenvolverem ou potencializarem uma crise de ansiedade, fobia social, síndrome do pânico ou até mesmo agorafobia por exagerarem no isolamento. Quem já tinha antes da pandemia, provavelmente encontrou uma grande desculpa para não se relacionar com os outros, mas insisto, façam pequenas saídas, nem que seja uma volta no quarteirão todos os dias, seguindo os protocolos, é lógico (máscara, álcool gel e, principalmente, distanciamento social, que é manter uma distância de no mínimo 1,5m da outra pessoa).

E, sim, precisamos de relacionamentos para nos sentirmos melhor, mas sempre prezando pela qualidade e pelos relacionamentos saudáveis, aqueles que nos fazem nos sentirmos bem.

Share on facebook
Share on twitter

(11) 99426-6048

Rua Vieira de Morais, 1760
Campo Belo - São Paulo/SP
04617-007

contato@marianakawazoe.com.br

2019 © Todos os direitos reservados