Pica-Pau
Mariana Kawazoe

Mariana Kawazoe

Psicóloga, Psicoterapeuta e Orientadora Profissional

VOCÊ SENTE PRAZER NA DOR DO OUTRO?

 

É uma pergunta estranha de ser feita, mas você sabia que existe um fenômeno chamado Schadenfreude, que é um termo alemão que significa “sentir prazer na dor do outro”?

Pois é! Geralmente, tem uma relação com a inveja e é uma emoção social, ou seja, é sentido coletivamente. Quanto maior for a identidade social do indivíduo dentro do grupo, maior a possibilidade de sentir isso.

Esse sentimento tem um papel importante no sistema de recompensa do nosso cérebro, que é o mesmo acionado diante da comida, das substâncias e de outras recompensas da vida.

Freud já falava sobre isso no seu artigo “Psicologia das massas” (1920), dizendo que quando estamos em grupo, agimos irracionalmente (isso bem resumidamente nas minhas palavras). Lógico que ele escreve muito profundamente sobre o tema. Para isso, recomendo a leitura do artigo dele.

Nesse momento de polarizações é muito visível esse fenômeno acontecer, como por exemplo, na política: “direita” x “esquerda”. Nas eleições de 2018 vimos muito fortemente isso acontecer. Pessoas da mesma família, com posições políticas diferentes, romperam! Entre “amigos” isso também aconteceu! Agora na pandemia também estamos vendo algumas variações, no caso seria “ciência” x “não-ciência”, e por aí vai. Nos Estados Unidos esse tipo de briga chega a ser uma aberração, tornando-se, inclusive, crime! Espero que não cheguemos nesse nível aqui, apesar de estarmos bem caminhando para isso!

Outro exemplo muito comum é em relação às torcidas de futebol e chega em um nível de violência tão absurda que chegamos a ver mortes por torcidas rivais! E, num nível mais “leve” vemos as provocações entre os conhecidos, como este recente do Palmeiras ter vencido a Libertadores, mas ainda não ter Mundial. Nunca vi tanto meme em tão pouco tempo! Mentira, sempre vejo uma quantidade absurda de memes logo após vários eventos.

Outra forma de schadenfreude é o bullying, mas acho que esse tema vale um artigo inteiro!

Fico aqui pensando na irracionalidade desse sentimento… Faz sentido você desejar que o outro se ferre, quando, na realidade, você faz parte de um todo? Tem coerência você ver um outro ser humano sofrer quando você condena a violência? O que eu ganho com o sofrimento alheio?

Enfim, deixo alguns questionamentos pra gente!

Share on facebook
Share on twitter

(11) 99426-6048

Rua Vieira de Morais, 1760
Campo Belo - São Paulo/SP
04617-007

contato@marianakawazoe.com.br

2019 © Todos os direitos reservados